sábado, fevereiro 27, 2010

CORRER RISCOS

Muitas pessoas deixam de viver situações e sentimentos com medo de sofrer... Essas pessoas não vivem, apenas existem... Viver é correr riscos... É rir, chorar, sofrer, se alegrar... Enfim, aprender... Cada situação ou pessoa que passa por nossa vida, é porque deveria ser assim... Não fiquem presos a pré-conceitos, a regras impostas pela sociedade, à preocupação do que as outros pessoas irão pensar ou falar... Papai do Céu deu a cada um uma vida para que cada um viva a sua vida, faça as suas escolhas, tenha as suas alegrias, derrame as suas lágrimas, aprenda as suas lições... Arrisquem-se!!! Vivam!!!

"Rir é correr risco de parecer tolo.

Chorar é correr o risco de parecer sentimental.
Estender a mão é correr o risco de se envolver.
Expor seus sentimentos é correr o risco de mostrar seu verdadeiro eu.
Defender seus sonhos e idéias diante da multidão é correr o risco de perder as pessoas.
Amar é correr o risco de não ser correspondido.
Viver é correr o risco de morrer.
Confiar é correr o risco de se decepcionar.
Tentar é correr o risco de fracassar.
Mas os riscos devem ser corridos, porque o maior perigo é não arriscar nada.
Há pessoas que não correm nenhum risco, não fazem nada, não têm nada e não são nada.
Elas podem até evitar sofrimentos e desilusões, mas elas não conseguem nada, não sentem nada, não mudam, não crescem, não amam, não vivem.
Acorrentadas por suas atitudes, elas viram escravas, privam-se de sua liberdade.

Somente a pessoa que corre riscos é livre!"

domingo, fevereiro 21, 2010

FERNANDO PESSOA

Onde você vê um obstáculo,
alguém vê o término da viagem
e o outro vê uma chance de crescer.
Onde você vê um motivo pra se irritar,
Alguém vê a tragédia total
E o outro vê uma prova para sua paciência.
Onde você vê a morte,
Alguém vê o fim
E o outro vê o começo de uma nova etapa...
Onde você vê a fortuna,
Alguém vê a riqueza material
E o outro pode encontrar por trás de tudo, a dor e a miséria total.
Onde você vê a teimosia,
Alguém vê a ignorância,
Um outro compreende as limitações do companheiro,
percebendo que cada qual caminha em seu próprio passo.
E que é inútil querer apressar o passo do outro,
a não ser que ele deseje isso.
Cada qual vê o que quer, pode ou consegue enxergar.
"Porque eu sou do tamanho do que vejo.
E não do tamanho da minha altura."

sexta-feira, fevereiro 19, 2010

ESTOU DE VOLTA!!!

Oi gente!!!
O verão está no fim... o carnaval passou... e eu estou finalmente de volta ao Pimenta Rosa... rs
Então, para começar a volta às atualizações e terminar bem a sexta (uhhhuuuullll), vou postar um texto bem legal!!!
Nos vemos durante a semana!!!
Bjim!!!

" Aproxime-se mais... tente sentir do que um abraço é capaz.
Quando bem apertado, ele ampara tristezas, sustenta lágrimas, combate incertezas, põe a nostalgia de lado.
É até capaz de amenizar o medo.
Se for cheio de ternura, ele guarda segredos e jura cumplicidade.
Um abraço amigo de verdade divide alegrias e se apraz em comemorações.
Abraços são pequenas orações de fé, de forá e energia.
Olhe para o lado!!! Há sempre alguém que quer ser abraçado e não tem coragem de dizer... Enlace-o!!!
O pior que pode acontecer é ganhar de volta um sorriso de carinho ou, quem sabe, uma palavra sincera.
Você vai descobrir que ninguém está sozinho e que a vida pode ser um eterno céu de primavera... "